Brasil

Sala de cinema VIP? (Curitiba tem)

Bem, vou logo me desculpando caso vocês já estejam carecas de ver/saber sobre isso… Mas é que para mim foi novidade. Aliás a visita ao shoping Crystal em Curitiba (site do shoping aqui) como um todo o foi, nunca havia ido.
Então vamos por partes? O Shoping fica em uma bonita área da cidade, no bairro nobre do Batel, e é auto denominado o Shoping Butique da cidade. Presumido? Si como que no?!, mas é de fato bonito e diferente dos outros. Lá dentro tem o centro cultural Itaú (link com programação aqui), que nada mais é do que as salas de cinema.
Bonito sim, mas esse espaço de fato não tem nada de mais. Não saberia dizer ser os cartazes têm uma pegada mais Cult lá,  creio que não.
Fomos para ver o nacional Curitiba zero grau e depois um divã para dois. Achei curioso o fato de terem poltronas numeradas, tanto na sala vip como na não vip (assistimos o divã na vip). E mais curioso ainda o fato de no snack bar não ter água mineral mas ter vinho (com taças) para vender! Os banheiros terem protetor de assento e não terem sabonete, apenas álcool em gel… (antagonismos curiosos….) risinhos…
A sala não vip era boa sim, mas regular. Talvez o volume um pouco alto pelo tamanho dela, mas tudo bem, eu sou super implicante com isso. Contudo, a sala VIP era beeeem legal! Quando na bilheteria eu perguntei o que ela tinha de tão especial, a vendedora me disse: ‘ah, são menos lugares (50 apenas) e as poltronas são mais confortáveis, tipo de avião’. Eu suspirei, pois de confortável, poltrona de avião não tem nada…. Mas as da sala vip têm tudo de confortáveis: na real, uma descrição melhor seria não de poltrona de avião, mas de cadeira do papai: elas deitam!!!
Delícia! Assisiti o filme deitadinha, com uma mesinha retrátil se estivesse comento, ou tomando uma taça de vinho, isso seria de muita serventia! Mais conforto do que isso, só estivesse com a mantinha e o travesseiro em casa… Mas em casa não tem a salona escura com a telona gigante… Oh céus, o que seria mais confortável em casa ou no cinema vip?
Bem, o cinema VIP custa R$40,00 por pessoa (professor paga meia, yupii). É caro sim, mas achei que valeu muito. Voltaria sempre que possível.
E os filmes? Ah eram bons. O do divã sem comentários com Meryl Streep e Tomy Lee Jones foi super divertido e bonito! trailer oficial aqui
Já o Curitiba zero grau para nós paranaenses foi legal ver nossa capital tão bonita retratada sem pudores e sem os cartões postais clássicos e clichês. Ouvir alguns sotaques e expressões (alguns bem forçados). em histórias de 4 pessoas na cidade. Não é um filme para mudar a vida de ninguém, mas é um bom filme, especialmente para quem está querendo ver algo além de Rio, São Paulo e Nordeste. (video promocioanal aqui – é assim que tão se referindo aos trailes no mercado nacional agora?).
Tudo aprovado e recomendado!
Semana que vem eu volto com post sobre São Paulo Cultural, será que vai ser possível vencer as filas?

Etiquetas
Mostrar Mais

Posts Relacionados

Veja Também

Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar