Diversos

O que fazer na Imigração?

A grande maioria das pessoas que viaja sente um friozinho na barriga quando precisa encarar o setor de imigração do aeroporto. Se você for um turista iniciante, eu recomendo que dê uma lidinha nesse post, onde eu explico como me comporto na imigração. (o fato de nunca ter tido problemas na imigração me dá uma certa tranquilidade em tratar o tema aqui!).

imigração
reclama dele não, ele é super bem aceito mundo a fora!

 

A primeira coisa a se ter em mente é que você, como cidadão brasileiro, tem o direito de visitar a maior parte dos países do mundo. O passaporte brasileiro é muito bem aceito. Mas atente, eu disse passear e não imigrar! Por isso considere que uma das principais preocupações das autoridades migratórias é saber se você vai voltar para o seu país ou não. Neste sentido, é importante você:

– Leve consigo uma cópia da reserva de hotel bem como da passagem de volta;

imigração

– Demonstre capacidade financeira durante a estadia, aqui valem os cartões de crédito, débito, pré pagos e até dinheiro em espécie;

imigração

– Explique calmamente qual é o propósito de sua viagem e para onde está indo;

imigração

– Não demonstre nervosismo, ele não é necessário, correto?

– Responda apenas ao que é perguntado, nada de fazer piadas, puxar papo com o oficial da imigração, ou com seu acompanhante;

– Esqueça por favor do telefone celular!

– Nem pense em tirar fotos deste setor, é sempre proibido;

– Respeite as filas: se você não tem passaporte diplomático, não membro de tripulação, não é pertencente a nenhum grupo de fila especial (papais, considerem que criança de colo é até 2 anos, se seu filho tem mais do que isso, vá para fila comum, ok?) ou não é portador de passaporte de blocos aos quais o país pertence, tais como União Europeia, Comunidad Andina, Mercosul/r, vá resignadamente para a fila a qual pertence: todos os outros passaportes. A fila pode demorar, e fazer auê não vai ajudar!

– Durante a possível entrevista (cujas perguntas mais comuns são: o propósito da viagem, o período, quanto dinheiro traz consigo, com quem viaja, a que se dedica no país de origem, frequência de viagem para o destino) você não precisa ser expert na língua, e pode pedir para a pessoa falar mais devagar se for o caso. Não raro os profissionais da imigração falam mais de um idioma;

imigração

– Ao receber seu passaporte carimbado, também não faça auê (sim, vocês ficariam impressionados com as coisas que vemos nessas horas!).

imigração

Da imigração, você deve se dirigir para o setor de alfândega (se for seu aeroporto final). Quando nela, você vai recolher suas bagagens e cumprir com o solicitado: preencher papéis, entrega-los às autoridades competentes (as vezes tem papéis específicos da alfândega, outras do similar à vigilância sanitária).

Cada vez mais tem sido comum passar todas as malas, incluindo a de mão, por máquinas de raio X, se for o caso faça-o sem fazer cara feia: deite sua mala na máquina e passe para recolher. Se for pedido para abri-la, obedeça.

Recorde que usualmente alimentos frescos (frutas, verduras, carnes), lácteos em geral, de origem animal em geral não podem ingressar em países estrangeiros (e nem no Brasil). Caso você esteja levando algum desses, esteja preparado emocionalmente para entrega-los as autoridades, e de novo: sem auê!

Acho válido você consultar o site oficial da representação consular do país de destino no Brasil e até mesmo do Itamaraty (MRE) para verificar especificidades de cada um. Países muçulmanos em geral e China, por exemplo, têm regras bastante específicas.

No mais, fica tranquilo, siga as regras que tudo vai dar certo. Bom passeio!

Você quer fazer alguma contribuição? Contar um causo? Se joga aqui nos comentários!

Você já segue o Comendo Chucrute e Salsicha pelo instagram? Opa: @comendochucruteesalsicha

E já curtiu a página do blog no facebook?

Acompanhe tudo lá em tempo (quase) real!

Assine o nosso feed, na caixa aqui no topo a direita para receber todos os nossos posts em 1a mão. Não deixe de confirmar o mail que você vai receber tá? É só post mesmo que você vai ter em sua caixa, nada de spam!

Etiquetas
Mostrar Mais

Posts Relacionados

16 Comentários

  1. Ops! Dessa vez sou a primeira?
    Muito bem, gostei do assunto! Ele é realmente preocupante do que diz respeito a comunicação ou melhor do idioma, mas vc foi e sempre é assertiva quando se diz a respeito de contribuir ….Sei das dicas mas, é sempre bom recapitular, assim não tem desculpas.
    Gostei muito! Beijuuuu

  2. Ola Poliana, bom dia. Adorei suas recomendações principalmente manter a tranquilidade. Agora vamos combinar que um friozinho na barriga sem duvida da.
    Abçs e tenha um otimo dia.
    Clovis

    1. Claro, o friozinho na barriga se dá pq em alguma medida estamos sendo avaliados, e podemos ser reprovados. Mas manter a calma e pensar que se você não fez nada errado, tem pleno direito de entrar como turista naquele país, já dá para ir mantendo a calma né? 🙂
      Já imprimiu todas as reservas? 🙂

  3. Vale lembrar que também possível você ser chamado para acompanhar às autoridades em uma sala específica..isso não é o fim do mundo e acontece com frequência. Eles fazem isso para verificar mais informações caso alguma coisa não tenha ficado claro…Ah eu sempre gosto de lembrar que se você vai para um Congresso no exterior…o correto é você tirar um visto de trabalho…principalmente nos Estados Unidos…no mais tudo é muito simples e respeitoso..quem não deve…não teme!!!
    Abraços

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar