África

Marrakech: o que fazer por lá?

Desde a minha chegada a Sevilha (já viu o post explicando como é Sevilha?) eu planejava ir para Marrakech. E como queria companhia para esta viagem, quando os meus pais foram me visitar no natal (clica para saber como é o natal na Espanha) aproveitamos e cruzamos o estreito de Gibraltar.

Marrakech
as portas mais bonitas da vida eu vi em Marrakech

Organizei a viagem para estar lá 3 noites, apenas na cidade de Marrakech. Existem diversos passeios para o entorno e até para o deserto, mas por motivos de força maior não os realizei.
Acho que esse tempo é mais do que necessário para visitar os principais atrativos e curtir um pouco da caótica atmosfera da cidade.

Marrakech
Marrakech sendo Marrakech

Optei por me hospedar em um Riad. Os Riads são meios de hospedagem que ficam dentro da cidade murada. Mas fora dela também existem hotéis.

marrakech
de boinha por Marrakech

Já de cara digo duas coisas: Marrakech não é tão barata quanto eu imaginava. Ela regula em termos de preços com as cidades do interior da Espanha. Exceto as atrações que são bem baratinhas. Procure um riad ou hotel bem avaliado no booking tá?

marrakech
não vá com espaço justo na mala, você vai fazer compras com certeza

Os preços de passeios, hotéis e até alimentação são negociados em euros, por isso não é barato. Eu troquei euros por dirhams no próprio aeroporto, a cotação era a mesma do centro e também não cobrava taxas. Não paguei nada em euros vivos, apenas dirhams e cartão.

marrakech
a comida é patrimônio da humanidade também

Em março de 2016 1 real equivalia a 2,72 dirhams.
Na chegada no riad já contratei um guia para um passeio a pé pela cidade percorrendo seus atrativos principais. Isso porque ao chegar na medina (parte histórica amuralhada) percebi que a coisa era caótica e a chance de me perder era concreta!

marrakech
por todos os lados se compra e se vende

De modo que com o guia (que como muitos marroquinos falava espanhol muito bem) visitei:

Palácio da Bahia: uma beleza de lugar, com pátios, jardins, fontes de água, muitos azulejos lindíssimos!
recomendo muito visitar.

marrakech
adorei esse lugar. Pena que a visita foi rápida

O estilo arquitetônico é o mesmo visto no sul da Espanha, e sua construção data do período do Al Andaluz também.
Para visitar custa 10 Dirhams.

Tumbas Saadinas: trata-se de um cemitério de uma das famílias reais ancestral do Marrocos.

marrakech
tumbas

As tumbas são bonitas, mas o empurra empurra impera, pois os espaços para observação são reduzidos.
Para visitar custa 10 dirhams.

marrakech
uma das tumbas

Com ele também fomos aos suks (mercados) que ficam no entorno da praça Jema al Fna.

marrakech
até fomos compelidos a comprar tapetes… engodo!

Os mercados ficam aberto até de noite, e são repletos de todo tipo de quinquilharia que você puder imaginar.

marrakech
é muito estímulo

O  vuco vuco é intenso, é gente, burrico, moto, bicicleta em todos os sentidos e o tempo todo em vias bem estreitas. Precisa ficar atentx.

marrakech
é todos contra todos

Atentx para não ser atropeladx e para ter sempre em mente os pontos de referência para não se perder.
Quando se interessar por alguma mercadoria, se prepara para a chateação da regateação. Pechinchar é a palavra de ordem, e isso é muito cansativo. A dica é: se um objeto não te interessa muito, não olhe com muita atenção: o vendedor vai se aproximar e vai fazer o exercício de por preço, negociar, baixar e subir. Ao fim você vai acabar comprando mesmo sem ter querido…

marrakech
nem sabia direito para onde olhar…

A Praça Jema al Fna é declarada pela Unesco como patrimônio da humanidade. Isso em razão das muitas tradições que nela são mantidas. Eu achei uó tá? Sério! Mas ela deve ser visitada até mesmo porque é o coração do centro histórico. O legal é ir a  noite, quando o espaço se enche de lugares para comer e ganha mais vida.

marrakech
vista de um terraço

Mas o dia todo você vai ver (e se assustar) com encantadores de serpentes, vendedores de artesanato e comidinhas, e etc.

marrakech

O lugar que visitei em Marrakech e mais amei, fica fora do centro histórico e fui de táxi (sim, até o táxi deve ser pechinchado) foi o Jardin Majorelle. Custa 70dirhams, sim é mais caro mas é uma beleza sem fim, e esse valor te dá direito a visitar o incrível museu berbere (de onde não se pode tirar fotografias).

marrakech
suspiros para esse azul cobalto

 

Teve suas obras iniciadas em 1931 pelo arquiteto Jacques Majorelle e foi idealizado como uma casa com um grande jardim. Desde 1947 é aberto ao público. Em 1980 ele foi comprado pelo estilista francês Yves Saint Laurent e seu companheiro Pierre Bergé. Eles ampliaram o número de espécies de plantas do jardim, chegando a ter 300 diferentes.

marrakech

O lugar é encantador de verdade, um oásis de paz, frescor e cores no meio de uma cidade ocre e caótica!

marrakech
uma maravilha

Além disso, também vale caminhar até a Kutoubia, o minarete (torre) da mesquita que tem uma irmã gêmea em Sevilha, La Giralda.

marrakech

Uma das coisas mais legais a serem feitas em Marrakech é caminhar pela medina, fotografar portas e janelas, se perder um pouco e olhar sem pressa o vai e vem incessante de gente.

marrakech marrakech

Na volta para o riad, agende uma massagem ou banho árabe e entregue-se a delícia de ter alguém te esfregando até saírem todas as craquinhas da pele e dos pensamentos difíceis.

marrakech
adoro chá

Poucos lugares que visitei na vida apresentavam tal contraste como Marrakech: uma confusão tão grande do lado de fora e uma preocupação tão intensa com o bem estar das pessoas do lado de dentro. Os ambientes são lindamente adornados, perfumados e cheios de tapetes e almofadas fofinhos. O chá está sempre à mão e fecha com chave de ouro qualquer dia de atividades incessantes que tenha tido na rua!

marrakech
miau

Gostou? Comenta! Compartilha!
Já segue o @comendochucruteesalsicha no Instagram? Lá você acompanha tudo em tempo – quase – real.
E você já curtiu a página do facebooK? Curte lá!
Para receber nossos posts em primeira mão, inscreva-se no nosso feed (ali em cima, à direita), sempre e apenas quando os posts forem publicados você receberá o link em seu e-mail!

Etiquetas
Mostrar Mais

36 Comentários

  1. Hum! Saudades daquela massagem, aquele ambiente tão aconchegante e perfumado do hotel….Muito bem falado e interpretado por vc, Poliana, como sempre o faz?Realmente um lugar que de tão exótico deixa saudades….O que me chamou atenção também é a fines das pessoas falam baixinho sempre atentos e com muito respeito….
    Um beijuuu

  2. Quantas fotos lindas, Poli! Quantas cores! Deve ser muito legal ver tudo isso pessoalmente, mas é um tipo de destino que deixaria para ir com as crianças maiores ou sem elas, já me imaginei perdendo meu filho mais velho por aí, rs! Bjs!

  3. Marrocos está na minha listinha de lugares que quero visitar num futuro não muito distante… com certeza irei aproveitar suas dicas!! E também amei esse azul cobalto da foto… iria ficar doida fotografando tudinho!!

  4. as cores … ah essas cores …. encantada também com a série de fotos que vc postou no instagram de lá.
    Muitas dicas bacanas, e a delicadeza do chá um charme.
    beijocas
    Li

  5. Quero MUITOO ir ao Marrocos!
    Talvez ainda esse ano, segundo semestre. Aí volto a consultar por aqui.
    Vou enlouquecer no souk, tenho certeza. rs
    À propósito, vc estará na WTM este ano, Poliana?
    Bjs,
    Dalila.
    Blog Mil e Uma Viagens
    @1001trips

  6. Bem eu fui a esse a Marrakech, no susto não tinha menor ideia, afinal a Poliana nos convidou e lá fomos nos. Confesso que desembarcar no aeroporto que senti muito assustado, muita gente afinal fiquei …
    Na chegada ao hotel, a preocupação foi ainda maior, mas no dia seguinte começamos os passeios e td ficou tão normal, que até voltaria para lá agora, realmente é um local que todos deveriam conhecer.
    Hum, as massagens oferecida pelo hotel ficou na historia.
    Tudo muito legal adorei.
    clovis

  7. O que mais gostei mesmo foi o belíssimo Jardin Majorelle, que maravilha de lugar, perfeito. Já na cidade, as cores dos objetos à venda me fizeram desejar fazer uma visita de aproximadamente uns 3 dias mesmo, como vocês fizeram, me pareceu suficiente para ver muita coisa interessante.

  8. Morrendo de saudades de Marrakech!!!! Quando você foi lá? Estive em 2008 e lembro que achei tudo baratinho por lá naquela época.
    Fiquei impressionada como o trânsito era caótico rss
    É uma cidade para voltar várias vezes!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar