Europa

Como é Sevilha

Como é Sevilha? eu me fiz muito essa pergunta antes de vir para cá! Mesmo já conhecendo a Espanha e a Andaluzia, a capital (da Andaluzia), Sevilha eu ainda não conhecia. Mas me interessava desde sempre.

sevilha
cheia de prédios coloridos e ruas estreitas!

Então eu tenho duas respostas rápidas para essa pergunta (Como é Sevilha?): Sevilha é linda; e a outra veio do meu amigo Rafa: Sevilha é uma cidade muito espanhola!

sevilha
na praça de espanha

Ela é linda por ter sido muito rica! Ponto. Foi daqui que as embarcações rumo ao então Novo Mundo saiam, e toda a riqueza de lá extraída passava por aqui. Logo, a cidade se construiu e se organizou muito belamente.

Parênteses: Colombo saiu de Sevilha, pelo rio Guadalquivir, ele só ganhou o mar a partir de Cádiz. 🙂

sevilha
um dos pátios da Universidade, que antes era a Real Fábrica de Tabacos

Mas Sevilha é muito mais antiga do que isso, com seus 700mil habitantes, ela guarda uma história muito longa, que remonta o período fenício. Contudo, documentos indicam que os romanos chegaram por essas terras ao redor de 206 AC. É história para caramba! E uma história que está ricamente marcada na cidade e que em cambio a marca profundamente.

sevilha
ruínas de Itálica

Além desses povos, Sevilha foi conquistada por visigodos, árabes (que deixam uma marca indelével até hoje em toda a Andaluzia, mas aqui um pouco menos…) e finalmente pelos católicos. Os sevilhanos vão se queixar de que estão sendo ocupados ruidosamente pelos imigrantes, mas comparada com outras cidades, eu diria que Sevilha é bem pouco cosmopolita.

sevilha
paella

E daqui, dessa ideia do seu baixo cosmopolitismo vem o: Sevilha é uma cidade muito espanhola! 🙂

sevilha
cartaz da temporada de touros

Além disso, eu endosso isso dizendo que Sevilha foi uma das primeiras grandes cidades do Al-Andalous (impérios mouriscos-árabes) a ser conquistada pelos reis católicos, em 1248. Para se ter uma ideia, Granada foi conquistada mais de 200 anos depois. Logo seus vestígios árabes já não são tão presentes como em outras cidades como Málaga, Almería, Cádiz, Córdoba e a própria Granada.

sevilha
La Giralda

Embora o Alcázar, a Giralda, a Torre del Oro, a Judería e alguns outros não deixem dúvidas sobre a presença árabe, eu diria que aqui ela é menos evidente.

sevilha
torre del oro

Essa espanholidade de Sevilha, se traduz para mim na esmagadora maioria de restaurantes espanhóis que ela oferece frente aos internacionais; das tradições tão amadas como as touradas, flamenco, a própria gastronomia, a semana santa e as infindáveis procissões; a feria de abril que embora seja uma festividade comum em outras cidades da Andaluzia, aqui ela tem matizes próprios e basicamente é apenas para sevilhanos (as casetas, espaços onde se desfruta da feria são quase todas privadas, sem convite não entra!); a arquitetura; o conservadorismo das pessoas; a forma de se vestir: super formalzinho; e a imagem de andaluz que muitas vezes se confunde à imagem de espanhol.

Sevilha
pátio do Real Alcázar de Sevilha

Mas para mim, Sevilha e essas características espanholas não agridem ou incomodam, longe disso. E, eu me apego mais ao seu lindo, do que a qualquer coisa.

sevilha
olé. flamenco

São muitos os lugares de Sevilha por onde eu passo e ainda suspiro!

O meu lugar favorito na cidade é justamente de onde saíram as embarcações: Paseo Colón, às margens do Rio Guadalquivir.

sevilha
🙂 o dia estava nublado, mas é um lugar lindíssimo

O bairro de Santa Cruz, ou Judería também me faz suspirar.

sevilha
super arborizado o bairro de Santa Cruz

Ou mesmo o meu caminho para a Universidade, cheio de turistas e artistas de ruas, rodeando a catedral!

sevilha
muito linda!

Eu gosto daqui. Sofro com o calor, sim (40 graus quase todos os dias desde maio… uiii. Foz, é você?). Mas curto estar aqui. Estou especialmente interessada na programação de verão, que é intensa com exibições, espetáculos, e etc. Mas espantada com o calor, viu? hahahaha

Sevilha
Mais uma da Plaza de España

Aqui neste link tem um índice de todos os posts da Espanha e neste link todos os posts sobre Sevilha.

Gostou? Comenta! Compartilha!
Já segue o @comendochucruteesalsicha no Instagram? Lá você acompanha tudo em tempo – quase – real.
E você já curtiu a página do facebooK? Curte lá!
Para receber nossos posts em primeira mão, inscreva-se no nosso feed (ali em cima, à direita), sempre e apenas quando os posts forem publicados você receberá o link em seu e-mail!

Aqui neste post, eu decidi colocar um índice de todos os posts que estou publicando sobre Sevilha, para ir corroborando com o que disse: é uma cidade linda!

Roteiro de 4 dias por Sevilha: link
Visita guiada a Universidade de Sevilha: link
Museu de Bellas Artes de Sevilha: link
Semana Santa: link
Itálica (sítio arqueológico): link
Dicas para visitar o Real Alcázar de Sevilha: link
3 passeios (e um de bônus) para NÃO fazer em Sevilha: link
Onde Comer em Sevilha: link
Flamenco em Sevilha: link
O que fazer de graça em Sevilha: https://www.comendochucruteesalsicha.com.br/o-que-fazer-graca-sevilha/
O que fazer de diferente: https://www.comendochucruteesalsicha.com.br/o-que-fazer-de-diferente-em-sevilha/
Museu de Artes e Costumes Populares: https://www.comendochucruteesalsicha.com.br/museu-de-artes-e-costumes-populares-de-sevilha/

Aqui neste link tem um índice de todos os posts da Espanha

Gostou? Comenta! Compartilha!
Já segue o @comendochucruteesalsicha no Instagram? Lá você acompanha tudo em tempo – quase – real.
E você já curtiu a página do facebooK? Curte lá!
Para receber nossos posts em primeira mão, inscreva-se no nosso feed (ali em cima, à direita), sempre e apenas quando os posts forem publicados você receberá o link em seu e-mail!

Etiquetas
Mostrar Mais

Posts Relacionados

12 Comentários

  1. Poliana o que dizer, realmente linda ! Quem não conhece ou este ai por pouco dias como é o meu caso precisa voltar com urgência. Vendo suas publicações fica difícil não ter vontade de conhecer.
    Abçs
    clovis

  2. Realmente, vc tem razão de coloca-la em primeiro lugar como linda! Além da cultura, da história sua beleza é de dar vontade de voltar. Não se pode programar passear em Sevilha por uns quatro dias, no mínimo uma semana, para apreciar um pouco que essa cidade tem de belo! …Dezembro que nos aguarda!…

  3. Poli,
    Sevilha e encantadora mesmo. Adoro as espanholidades de Sevilha!!! Meus avos adoravam visitar no verao justamente por ter muita atividade, atracoes culturais…. Revivendo parte da minha infancia e adolescencia nos seus posts!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Fechar
Fechar