América do Norte

City Pass NYC: vale a pena?

No mês passado estive por 20 dias em Nova York, e fui convidada pela representação de turismo da cidade aqui no Brasil a conhecer o City Pass local. Consiste de um passe para visitar: Museu de História Natural; Visita ao observatório do Empire State Building; Museu Metropolitano; Museu e Memorial 11 de setembro ou Museu Intrépido do Mar, Ar e Espaço; Top of the Rock ou Museu Guggenheim; e Estátua da Liberdade e Ellis Island ou Cruzeiro da Circle Line.

o belíssimo Guggenheim

O City Pass pode ser usado por 9 dias consecutivos, a partir do dia de primeiro uso. No Memorial 11 de Setembro, Met e Empire State Building pude cortar fila. Para Museu de História Natural, Guggenheim e Estátua não, e no primeiro havia bastante fila.

O incrível museu da imigração de Ellis Island: puro amor

Essas são as atrações mais visitadas da cidade, e ter o plano com informações detalhadas de horários, acesso e etc todo reunido em um único passe me facilitou a vida para planejar as visitas. Ponto para o City Pass, bem como saltar algumas filas idem.

pela cara de felicidade deu para ver que eu adorei o passeio né?

Agora em termos de custo: o City Pass custa pra adultos 122$ e as atrações se fossem compradas separadamente custariam, segundo o site do passe, 211$. Mas pondere comigo duas coisas: essas atrações realmente te interessam? Pergunto porque o Museu de História Natural não me interessava em nada. E outra ponderação: no site eles informam o valor do História Natural e Met como os que são sugeridos pelos referidos museus, haja vista que o valor da entrada é no esquema pague o quanto puder. E o Guggenhein é gratuito aos sábados.

No interior do Museu e Memorial 11 de Setembro, um lugar de reflexões

Quer dizer, a decisão é sua sobre se vai visitar e em quais dias cada uma das atrações, mas que o city pass organiza a agenda, ah isso organiza!

Empire State Building, é um lugar incrível

Você já usou o City Pass NYC? O que achou?

Met: posso morar aí dentro?

Curtiu? Então Comenta! Compartilha! Faz uma blogueira feliz!
Já segue o @comendochucruteesalsicha no Instagram? Lá você acompanha tudo em tempo – quase – real.
E você já curtiu a página do facebooK? Curte lá!

Mostrar Mais

Posts Relacionados

10 Comentários

  1. Oi, já usei e gostei muito justamente pelo fato de me “obrigar” a conhecer lugares que eu nunca teria ido e que, no fim das contas viraram meus museus favoritos. Concordo tb que super ajuda a organizar a agenda. Eu sou super a favor do “kit” museus. Bj

  2. Poliana, eu usei o city pass e achei que valeu a pena, sim! Mas como você disse, tem que ponderar que atrações vai visitar… Ah, também quero morar no Met: fico com a parte da civilização etrusca, tá? Quero todo aquele ouro pra mim!! kkkkkkk

  3. Eu comprei o City Pass em NY, e me arrependi um pouco… Tava uma zona as filas, e , se nao me engano pra Estatua da Liberdade, levei HORAS pra conseguir embarcar…. Eu comprei pensando que teria vantagens em filas principalmente…. Enfim, nao tirou o brilho do meu passeio nao 🙂

  4. Eu não costumo comprar esse tipo de pass mas acho que pode ser uma boa economia. Da última vez que estive em NY paguei um preço estabelecido por mim em museus em que o preço de tabela era o sugerido mas não o obrigatório.Tb não visitei todos os museus pq tinha muitas coisas para ver mas pra quem vai a NY com frequencia pode ser uma boa

  5. Que saudades de NY. Gostei da dica e especialmente da dica de avaliar se as atrações estão mesmo no rol de prioridades. Eu, na próxima viagem, quero ir ao Guggenheim, que não visitei ainda, e ao de HIstoria Natural, que minha filha vai amar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Close
Close