America do Sul

Cafés em Buenos Aires

Buenos Aires é cheia de cafés, um ar super Paris século 19! Alguns são bastante comerciais e populares por lá como o Havanna que estão espalhados por toda a cidade e tem ótimos alfajores (de verdade viu? Mas isso acho que todos sabem…); o massivo Starbucks; e alguns bastante notáveis tanto no eixo turístico como fora dele, aqui tem algumas sugestões e nesse post gostaria de falar de alguns que já visitei, mas parece nunca cessarem ou serem suficientes para sanar minha curiosidade sobre eles, tô com uma lista grande de cafés para visitar da próxima viagem!

O Tortoni, na idílica Av. de Mayo é um ícone inclusive turístico da cidade. Eu gosto de me lembrar da minha primeira vez que fui a BsAs em 2000 (oi Lu, oi Carol) e visitamos o Tortoni! Uau, que feito ter ido para lá, com o peso valendo igual ao dólar e o coitado do real valia a metade da moeda argentina… Lembro exatamente do que me chamou mais a atenção lá dentro (e era nada mais nada menos que o sabonete do banheiro! sim eu e os detalhes curiosos) e o que comi: um iogurte de baunilha, super cremoso (err era o que cabia no bolso da estudante!). Depois fui a show de tango, que recomendo pela honestidade, sozinha tomar a famosa e (deliciosa errr) sidrita, com alunos… Hoje eu ainda gosto de lá, para passar na frente, saber como ele foi importante ao abrigar tantos escritores relevantes para a literatura latino americana, como influenciou outros cafés na cidade e etc. Mas acho turístico demais, a comida não é boa e é cara. É para dar uma entrada, tomar um cortado, umas fotos e zarpar, pois tem outros muito melhores.

A Confeitaria Ideal foi visitada por mim em dez/12, alocada num edifício histórico onde embaixo é a confeitaria propriamente dita e em cima rola baile da terceira idade! Foi lá que inventaram o sanduíche de miga e algumas cenas do filme Evita foram rodadas lá também. A empanada é uma delícia! Mas o dia que fui fiquei assustada: não havia clientes… Tava meio escuro, sei lá, meio abandonado…

Nessa última viagem de jun/13 visitamos o Cafe de los Angelitos, que tem uma aura boa, chá de menta delicioso e cubinhos de açúcar personalizados (é muito amor né?). Fica pertinho do Congresso e eu gostei de visita-la, e ver no sábado a tarde tantas pessoas de idade indo lá, tomar um chocolate quente e bater papo. Mas não gostei muito da comercial ênfase ao show de tango que eles dão, nem questiono se é bom ou não o tal espetáculo, mas me chateou ver um lugar tão lindo que nasce como café se vender com uma atração tão turística como o de tango… Pareceu maculada…

Além de los Angelitos, também fomos tomar o chá das 5h no Hotel Alvear na L’Orangerie. Olha, não é definitivamente um lugar econômico para uma merendinha no fim da tarde, pagamos AR$180 por pessoa (parece que antes o chá poderia ser divido por duas pessoas, agora não pode mais) e como um chá das 5h não é um refeição para super satisfazer (encher barriga mesmo sabe?). É servida uma seleção de sanduichinhos, pães, geleias, docinhos, uma bebida (que eu fui de chá Ines Berton!), água, ao final trufas (muitas e a vontade) e uma torta que levamos como suvenir. Na verdade é mais doce do que qualquer outra coisa, e por isso mesmo acho que não é uma refeição ‘mata-fome’ está mais para um ‘conosquinho’ do meio da tarde para admirar as lindas rosas naturais de cada mesa, a prataria brilhante, a porcelana, o ambiente refinado, o pianista tocando… Uma experiência sabe? Se era gostoso? Sim, muito! O serviço? Achei sofrível, com informações desencontradas na brigada sobre como funcionava, a nossa mesa tinha 2 cadeiras quando chegamos e nossa reserva era para 4 pessoas, detalhes que eu reparo sim. Se eu voltaria é outra história, mas eu gostei pela experiência Alvear que posso pagar! hahahaha

Também visitamos dessa viagem a Confeitaria Las Violetas, cujo link tá indisponível, (Av. Rivadavia, 3899 esq. Medrano) que tá no mercado desde 1884 e talvez seja ainda a menos turística de todas essas. Tem lindos vitrais (cujos desenhos decoram os saquinhos de chá e as capas dos cardápios) e garçons simpáticos que vão indicando quais são os lugares mais bonitos dela para fotografar! Tem muitos chocolatinhos, suvenires e opções de bocadinhos para uma tarde agradável. Para lá eu volto com certeza! Dá para chegar de metrô viu, pela linha 1, sentido Carabobo.

Não é café, mas faz parte dos endereços descolados para bebidas com cafeína e especiais: Tealosophy a loja de chás da badalada blender argentina Ines Berton (falo mais sobre ela – a loja aqui) que recomendo muito muito mesmo! estou amando os chás que comprei lá!

Acho que ficam para a lista da próxima viagem: a confeitaria do Hotel Castelar – para comer churros com doce de leite nhaaaac; e o Bar 36 Billares que foram mostrados na visita teatralizada que fizemos cuja descrição tá no link acima; e o Bar Británico: neste preciso dar uma entradinha, pois sempre passamos em frente e em duas viagens diferentes fotografei a mesma senhora, sentada na mesma mesa! Sugestão de outros?

 

Tortoni

 

Tortoni: sempre cheio de gente!

 

Tortoni

 

Ideal

 

em fente ao Bar 36 Billares

 

de Los Angelitos

 

de Los Angelitos: adorei a porcelana

 

medias lunas de Los Angelitos: nhac

 

 

no Alvear

 

detalhe da lustrosa e lustrada prataria do L’Orangerie

 

essa porcelana não é linda? desejei levar para casa

 

achei lindas as rosinhas!

 

no L’Orangerie

 

surtimento de delicinhas da L’Orangerie

 

corredores do Alvear

 

 

caixinha para levar a torta de suvenir

 

Las Violetas

 

olha as fotos dos vitrais nos cardápios do Las Violetas

 

também nos saquinhos de açucar

 

Las Violetas

 

Las Violetas

 

 

muitas placas homenageando o lugar: Las Violetas

 

Tealosophy

 

 

Tags
Mostrar Mais

Posts Relacionados

15 Comentários

  1. Muito legal saber que gostou da Confeitaria Las Violetas. Quem sabe também não dou uma passada por lá na minha próxima viagem a Buenos Aires. Bjs,

  2. Adoroooo Buenos Aires! Era minha alegria da semana quando passávamos com o navio por lá. Apesar de ter sido assaltada na primeira vez que visitei, consegui reverter a situação conhecendo cada pedacinho da cidade e isso durou 3 meses.
    Vou continuar acompanhando o blog, ADOREEEIIIII, tá um sucesso como sempre. beijos! Nisi

  3. Olá filha, estou gostando muito do novo blog, e da maletinha com a salsicha então é um mansters…só faltou uma bocadinha nessa salsicha gordinha…Muito legal!
    Continue colocando novidades que fico aqui só na espera…..rsrsr
    Beijão

  4. Vendo suas postagens fico mais ainda na expectativa de conhecer. Mas em dezembro estarei lá e espero visitar esses belos lugares mostrados por você.

  5. Ah eu gostei muito do Tortoni, acho que é uma parada obrigatória, lembra bem os cafés das França, é caro também…e o café é mais forte..rs tirei muitas fotos, gostei muito do ar histórico do local.
    Perdi de ir a Confeitaria, quem sabe na próxima!

  6. Adorei o seu relato na questão dos cafés em Buenos Aires. Amo uma boa mesa de cafés nas tardes.

    Viajei nos seus comentário ( como se estive em cada café).

    Parabéns!!!!! Relate sempre….

  7. Oi Poli, concordo com você em seus comentários sobre as cafeterias. Apenas reforço que Alvear nunca mais, beleza por beleza, Los Angelitos e Las Violetas (que inclusive me parece tem um chá da tarde). Mas enfim, nós adoramos a ida a Buenos Aires com a companhia de vocês, além de cunhados, são amigos.
    Parabéns pelo novo estilo do blog.
    Abraços.
    Ivo, Tati e meg (au au au).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close