Europa

Conhecendo Barcelona

É difícil escrever sobre Barcelona, por uma razão simples: para mim é a cidade mais linda que já visitei. Lamento Paris, você está em segundo e a Cidade do México na sequência.

Gosto do ambiente, da arquitetura misturadona, do urbanismo ferrado que foi executado lá, do fato de ter praia, de tudo!

Na segunda semana do ano fomos para lá, já era minha segunda visita e a primeira do Alessandro. Ficamos hospedados na casa dos amigos Cláudio e Angela e da filha deles Mariana (que nos cedeu o quarto! fofinha), onde a hospitalidade foi muito maior do que a hospedagem em si!

IMG_2656
Plaza Espanya, nossa vizinha em Barcelona

 

Eu particularmente estava bem cansada (nem sei dizer do que, mas vinha trazendo um cansaçozinho de dezembro ainda) e Alessandro super se ocupou indo duas manhãs à Biblioteca Nacional da Catalunya, me deixando em casa dormindo até beeem tarde. Isso me deu fôlego para tardes bonitas de passeio e noites animadas de vinho com os anfitriões. Para mim foi um tipo de viagem slow motion.

Quero dizer que Barcelona ainda não tem metrô do aeroporto (El Prat) para o centro, mas tem diferentes linhas de ônibus. Consulte horários e itinerários, eles circulam a madrugada toda, mas nem todos e em frequência diferente do dia.

Diferente da outra viagem, não visitei a cidade de hop on hop off, mas muita caminhada e metrô. Isso claro dá outra perspectiva da coisa! Para tal compramos no metrô tíquetes de 10 passagens que poderiam ser usadas tanto nele mesmo como nos ônibus. Custou 10,30 euros, se fosse comprar passagens separadas custaria 2,50 cada uma! Uma baita economia né? Informação vinda dos nossos anfitriões, valeu!

Eu fazia questão de visitar o Parc Güell, o que fizemos numa manhã. Acho o lugar lindo, embora chegar até ele pode ser difícil, pois ele fica no alto dum morro. Mas tomamos o ônibus 24 e chegamos até a porta do parque, onde tem inclusive máquinas que vendem os ingressos sem precisar ficar na fila. Custa 7,00 euros por pessoa e é de única entrada.

IMG_2618
Parc Guell

 

O problema de chegar de manhã? Os assentos da área monumental estão todos molhados, penso que de orvalho, e isso dificulta um pouco a fruição: nada de sentar e bater um papo ou uma foto… A vantagem: beeem menos gente… Na medida em que as horas iam passando o fluxo de pessoas ia aumentando consideravelmente. Mas ainda acho que no por do sol deve ser lindo! Consulte num site de previsão do tempo a que horas nasce e se põe o sol em Barcelona durante sua visita, com a mudança de estação isso pode variar bastante.

P1040697

A salamandra da escadaria é super concorrida de fotografar, todos querem! Difícil, mas tem que ser perseverante e direto em seus desejos: se eu espero um pouco (uns 5 minutos) e uma pessoa não sai do monumento com sua máquina, celular Ipad ou o que for eu peço licença – e ó, sou sempre atendida viu?!

P1040723

Visitamos também o bonito Montjuïc, que é um castelo no alto dum morro, e para chegar lá (o google maps indica todos os ônibus que pode pegar, como estávamos nas imediações da Praça Espanya e Mercati San Antonio as referências de transporte podem variar para quem por exemplo fica na Praça Catalunya ou Bairro Gótico) deve-se passar por bonitos lugares alusivos às Olimpíadas de 1992, estádios por exemplo. Tudo bem bonito, num dia de frio fraco e sol forte! Do Montjuïc – que misteriosamente não cobra para entrar – se tem uma bonita vista do Porto (que é impressionante de grande) e outras áreas! Vale a pena.

P1040633
Torre de Agbar, vista do Montjïc com super zoom tá? 🙂
P1040632
Sagrada Família vista do Montjïc com super zoom tá? 🙂

 

Caminhadas pela Rambla também é passeio obrigatório! Sempre animada.

 

IMG_2637

Chegando até a estátua do Cristóvão Colombo, apontando para o novo mundo e

P1040643

De lá até a praia da Barceloneta! Ou ainda com fôlego até o Porto Olímpico.

P1040646

É um passeio longuinho, mas lindo e que deve ser feito a pé, sem pressa!

Na Barceloneta fomos duas vezes, ao meio dia e no entardecer… é difícil dizer qual momento é mais belo!

IMG_2642

Uma voltinha pela bonita Passeig de Gràcia também é legal, a rua onde tem as grandes lojas, pertinho de La Pedrera (oi, precisa custar tão caro para visitar? Acho 18 euros caro viu?) e outras edificações lindas e o próprio urbanismo da via em si.

P1040562
chaminés de La Pedrera
P1040559
La Pedrera linda!
P1040556
Detalhes da Casa Batlló – Gaudí também

O bairro Gótico (Gòtic), perigoso de se perder, mas tão bonito…. com seu constante vai e vem de turistas e moradores, de músicos e flashes. Praças, museus, igrejas, restaurantes, e nada. Até o nada é bonito ali. Porque o nada significa apenas o atrativo turístico em si, mas Barcelona é linda também para quem mora, não só para quem visita!

P1040584P1040593

Uma chegadinha, de metrô, até a Sagrada Família é necessária. Eu não pago para visitar igrejas e menos tanta grana para uma que está há tanto tempo em construção – me julgue, mas igrejas nunca são meu interesse – e com tanta fila para comprar ingresso e entrar… Mas sair do metrô e dar de cara com esse templo enorme impressiona qualquer um. É gigante, suas torres se pronunciam sozinhas em tal altura na paisagem da área.

 

Da primeira vez que fui a Barcelona batalhei bastante com comida. Dessa vez comemos sempre com nossos anfitriões, comida de primeira e que merece menção de um dos pontos altos da viagem sim senhor! Mas a exceção de um bar de pintxos (tapas ao estilo basco, um buffetzinho de pãezinhos recheados deliciosamente) teve uma refeição que fizemos fora e sem supervisão: bem ruinzinha, do tipo pega turista.

P1040579
com Angela e Claudio 🙂

 

Mas isso não desabonou a nossa positiva experiência com a viagem em si, nem o sofrível voo da Ryanair (sim foi minha primeira experiência e achei um rôr!), pois Barcelona merece que esses pontos negativos sejam eclipsados e ela seja disfrutada com amor! Já pode querer voltar?

P1040618
Mercat Born, onde começaram obras de restauros e acharam vestígios da batalha de 1814, onde a Catalunya lutava pela sua indepedência. O mercado foi revitalizado, e passou a ser museu. Lindo viu? Algumas partes são gratuítas para visitar.

 

P1040576
uma bonita praça.

 

Etiquetas
Mostrar Mais

Posts Relacionados

14 Comentários

  1. Bonito post Polis! Parabéns pelo texto, sempre gostoso de ler, e sem preguiça de escrever!!! Barcelona, é fato, mereceria vários posts como este!!!

  2. amores, da próxima vez vocês têm que entrar na casinha-atelier do Gaudí que fica no parque Guell, tem os móveis que ele fazia e a casa é sensacionalíssima. Fikadika. Barcelona… ah, quanto amor por esta cidade eu tenho!

    1. Cristina,
      Obrigada pela visita e comentário. Oh, que bom que você pode atualizar a informação sobre a cobrança no Montjuïc, obrigada. Abraço.

  3. Faz tipo um mês que to tentando fazer um post aqui, tinha escrito várias coisas, mas vou resumir em uma frase: Barcelona estou louca pra te conhecer!

  4. Oi filha, que saudades me deu agora? Gostaria muito de voltar e ver os novos pontos turisticos e rever os já visitado…..Gostei muito da sua interpretação e mais ainda das fotos, como sempre a gente só aprende lendo seus textos..Parabéns! Beijuuuu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar