Europa

3 Grandes Museus de Madri

Madri, a capital espanhola é uma cidade muito legal e super vibrante. Adora uma festa e não se importam que lhe digam que ela não conhece o mar! Sabe por quê? Ela tá envolta num mar de arte e cultura!

madri
o por do sol visto do elevador panorâmico do Reina Sofia

Na minha última visita à cidade, setembro de 2015, quis visitar os três museus badalados e conhecidos de Madri: Museo Nacional del Padro (ou simplesmente Museu do Prado); Centro Nacional de Arte Reina Sofia (ou pros mais íntimos Reina Sofia); e o Museu Thyssen-Bornemisza (ou apenas Thyssen).

Madri
no interior do Thyssen

Eu aviso desde já que não vou ficar discutindo arte com vocês, isso eu deixo para a querida Patrícia do competente blog Turomaquia, ela sim entende disso! Eu quero tratar da visitação e de algumas dicas para você aproveitar bem os museus! Bora?

Madri
Fechando o Reina Sofia e devorando o livro sobre a Guernica comprado ali na loja do museu que é muito boa.

A primeira dica é: Todos esses museus são pagos. Mas todos tem políticas de gratuidade e dias/horários grátis. Nos sites de cada um, que vou indicar, está tudo bem explicadinho. 🙂

madri
pelos corredores do Reina Sofia

O Museu do Prado – Esse museu certamente coloca Madri no mapa das grandes pinacotecas e museus do mundo! Pudera, são mais de sete mil obras dispostas em um edifício enorme! Além disso, não raro o museu abriga interessantes exposições temporárias.

Ali estão expostas obras primas de Velazquez, como o famoso As Meninas, que faz dar dois passos para trás de susto com seu tamanho e expressão (esse sevilhano que fez história como um dos maiores pintores da corte espanhola – já leu o post sobre o Museu de Bellas Artes de Sevilla?), as Majas de Goya (e muitas obras deste que não ficava vermelho em retratar as pessoas com todos os seus defeitos, photoshop certamente não seria de seu agrado), embora as Majas sejam lindas, lindíssimas, outros sevilhanos que merecem destaque no Prado são Zubarán e Murillo. E mais, muito mais: Rubens, Michelangelo, Bosch, El Greco, Rafael, Tintoretto, Dürher, Ribera, Rembrandt, e ó… muita coisa linda!

madri
to linda?

Sendo enorme, reserve muitas horas. E ao entrar procure logo um folheto com o plano do museu e dedique alguns minutos em estuda-lo para planejar sua visita. Assim você se certifica de que não deixa de ver nada de seu interesse, posto que ver todo o museu de uma só vez vai ser meio… difícil! Além do mais, o museu tem uma organização peculiar, por exemplo: os Goya não estão todos juntos, nem os Velazquez. Mas… eles estão todos sinalizados no plano que o museu oferece na entrada grátis e em diferentes idiomas – tem em português tá? Assim, se você tem um interesse particular em um artista ou obra, melhor estudar o plano um pouquinho antes, mesmo.

Lá no Prado não é possível tirar fotografias, mas eles tem um aplicativo muito legal no qual você pode simular fotografias com algumas obras. Fica na entrada dos Jerônimos.

madri
as meninas! até parece que é assim pequenininho!

O sistema de segurança do Prado e de todos os outros não te permite entrar com mochilas ou bolsas grandes. Há armários grátis para isso. Além do mais, para as pequenas há máquinas de raio-x. Aliás, algo deve ser mudado nesse esquema de segurança, pois para entrar na loja você deve faze-lo sem sua bolsa, caso ela tenha ficado no armário e se você quiser entrar somente na loja precisa pagar igual… sei não hein? 🙂

Bônus: pertinho do Prado fica um dos principais parques de Madri, o de el Retiro. Faz um bem bolado e passe um dia lindo entre um e outro! Dentro do Parque tem dois centros culturais, da fundação Reina Sofia que são grátis: El Palácio de Cristal e o Palácio de Velazquez. Todas informações e horários no site indicado.

madri
os ciprestes (sim, são ciprestes) bicentenários do Parque

Museu Thyssen-Bornemisza – ele tem um braço em Málaga, o Carmen Thyssen, cuja coleção de arte costumbrista espanhola me arrancou muitos suspiros e me fez apaixonar pela Andaluzia de forma mais contundente. Mas em Madri a sua coleção não fez feio, ao contrário disso!

madri
muito bem interpretado e com uma lojinha massa!

É um museu privado, grande e cheio de obras lindas, lindíssimas. Ali você vai encontrar expoentes de obras de diferentes períodos e de artistas de diversos continentes. Para mim, ele é imperdível!

madri
são muitos corredores! se prepara. Mas ele é bem sinalizado e acessível.

Conta com um bistrô anexo, não recomendo tá? Atendimento moroso, caro e comida de qualidade discutível.

Museu Reina Sofia – Se fez conhecido no mundo por abrigar nada mais nada menos do que Guernica de Picasso – já viu o post sobre o Museu Picasso de Málaga? Não perde! – Eu devo confessar que alimentava um sonho de ver essa obra ao vivo e com meus olhos (drr)! E… quando estive de frente para ela apenas chorei após dar um gritinho de espanto: ela é impressionante! Ela é incrível e impactante. Chorei por tudo o que ela representa, chorei a guerra civil espanhola ainda tão mal digerida e tantas outras guerras. Chorei pelo dilema de Picasso que dizia que seus problemas não eram maiores do que aquela guerra, e isso me faz pensar nas nossas batalhas e nas guerras… Elucubrações…

madri
Entrada principal

Me impactei muito com as outras obras relacionadas à Guernica, denominadas PSs de Guernica!

Ou seja, a Guernica me sequestrou! E eu me rendi fácil.

Esse setor do museu não pode ser fotografado. Uma pena.

madri
Jardins do Reina Sofia

No mais, o acervo deste museu é muito mais tímido que o dos outros dois museus aqui mencionados, mas nem por isso deve ser ignorado. Tem muitas outras obras de Picasso, Dalí, Miró, Palazuelo.

madri
pelos bonitos jardins do Reina Sofia

Bônus – como dica bônus sugiro deixar esses dois últimos para serem visitados no mesmo dia, segunda que é grátis o Thyssen e o Reina. 🙂 Cheque bem nos sites os horários de gratuidade de todos, ok? Organize ir de manhã no Thyssen, almoce, dê uma caminhada lenta pelo Paseo del Prado e vá no final da tarde no Reina! Dia mais do que perfeito.

Os três são imperdíveis, e se você tem o mínimo interesse por arte, lhe sugiro as visitas!

Aqui neste link tem um índice de todos os posts da Espanha e neste link todos os posts sobre Sevilha.

Gostou? Comenta! Compartilha!
Já segue o @comendochucruteesalsicha no Instagram? Lá você acompanha tudo em tempo – quase – real.
E você já curtiu a página do facebooK? Curte lá!
Para receber nossos posts em primeira mão, inscreva-se no nosso feed (ali em cima, à direita), sempre e apenas quando os posts forem publicados você receberá o link em seu e-mail!

______

Escrevi esse post ouvindo meu álbum favorito do Cidade Negra!

Etiquetas
Mostrar Mais

Posts Relacionados

17 Comentários

  1. O do Prado foi o que mais gostei quando estive em Madrid. Fiquem bem impressionada (entrei no horário grátis e me arrependi um pouco. Era tanta coisa bacana que o tempo ficou apertado para ver tudo). Lembro que, na minha visita, tinha uma sala com uma temática bem macabra, bem escura com umas obras bem pesadas. Aquilo sim foi sensorial — dava angústia andar ali (mas isso é bom, dava pra sentir efetivamente algo proposto pelo museu).

  2. O Prado foi o que mais gostei quando estive em Madrid. Fiquem bem impressionada (entrei no horário grátis e me arrependi um pouco. Era tanta coisa bacana que o tempo ficou apertado para ver tudo). Lembro que, na minha visita, tinha uma sala com uma temática bem macabra, bem escura com umas obras bem pesadas. Aquilo sim foi sensorial — dava angústia andar ali (mas isso é bom, dava pra sentir efetivamente algo proposto pelo museu).

  3. Pois é Poliana realmente a Espanha é td de bom, porem tem uns Museus que são muito belos, exemplo são esses de Madri.
    Logo estaremos por ai e quem sabe pode visitar alguns deles.
    Abçs
    clovis

  4. Adorei essa do aplicativo! Não sabia! Ah, e o meu preferido foi o Thyssen!!! gente, SENSACIONAL!!!! Nem sabia direito q obras tinha ali, mas tinha acabado de ter 1 semestre de história da arte na faculdade qnd visitei e encontrei lá um monte de quadros que a gente tinha estudado!!! (e vários outros que já tinha visto em livros didáticos da escola mesmo! a visita fica muito mais legal! hehehe)

  5. Impressionada! Pena que não é o tipo de passeio que eu possa fazer tão cedo por causa das crianças. Mas tá aqui guardadinho na lista pra uma oportunidade especial! Beijos

  6. Do modo em que vc narra o que conheceu nesses museus, o que me parece é de tirar o fôlego!….Hum, que vontade que dá…..rsrs mas aos pouco iremos conhece-los…Obrigada, Poliana por fazer essas explicações e nos trazer vontade e prazer de conhecer-los…Continua, viu?..
    Beijuuu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja Também

Fechar
Fechar