Ellis Island: Museu Nacional da Imigração (EUA)

Ellis Island, ou Ilha Ellis, era onde os mais de 12 milhões de imigrantes orientados para os EUA eram recebidos e triados de 1852 até 1954 quando a antiga hospedaria foi fechada. Para mim era verdadeiramente um sonho visitar Ellis Island, pois toda a vida estudei imigração e os EUA como um dos grandes países de imigração estavam no meu imaginário neste exato ponto do mapa. Não por casualidade, em 20 dias (set-out/17) tive a oportunidade de visitar os 3 museus de imigração do continente americano: Buenos Aires, São Paulo e Ellis Island, por força do meu trabalho. E ó: eu me emocionei em todos e derrubei lagriminhas em todos também. Ellis Island é diferente dos outros três no tamanho, é gigante e um passeio para fazer em 4hs ou mais, pois ali existe um volume incrível de informação transmitida de diferentes formas: guia, audioguia, telas táteis, vídeos, áudios, músicas, interação diversificada, maquetes, ambiência, teatro e etc.

muita informação e interação!

O acervo é dividido por setores, e contam toda a história da imigração para os EUA em diferentes aspectos: origem dos imigrantes, forma de transporte, tempo de viagem, legislação migratória, obtenção de visto e cidadania, trabalho, legado dos imigrantes aos EUA, a experiência em Ellis Island, as diferentes eras e ondas migratórias, sala de consulta de antepassados e etc. Eu estive maravilhada durante todo o passeio, não apenas por ser minha área de estudo, mas como descendente de imigrante me sinto sensibilizada por essa história de esperança e fé em dias melhores que move o mundo. Para chegar em Ellis Island é apenas por ferry, e o passeio pode ser combinado com o da Estátua da Liberdade que fica na ilha vizinha (Liberty Island). Ellis Island é também um parque nacional muito bem cuidado e com vistas magníficas.  Deixe o tempo passar sem pressa lá, o espaço tem wifi (meia boca tá? E o sinal de telefone não é dos melhores), biblioteca, banheiros cafeteria, espaço para descanso, loja e muito mais!Curtiu? Então Comenta! Compartilha! Faz uma blogueira feliz! Já segue o @comendochucruteesalsicha no Instagram? Lá você acompanha tudo em tempo – quase – real. E você já curtiu a página do facebooK? Curte lá!
Comentários
  1. 3 semanas ago

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*